DIY – bordado geométrico na máquina de costura

Ter uma adolescente que quer pertencer à sua “tribo”, nomeadamente através do que veste, é um desafio.

Pensei que ainda andavam na moda dos ananases e já passou a da raposa.  O animal de jour é o lobo.

Pediu-me que fizesse uma tshirt com a película de transferências, que se imprime. Porém, não é algo que resista a lavagens. Ocorreu-me usar tinta de tecido em que pintaria o negativo da silhueta do lobo.

Tenho tinta de tecido e uma t-shirt velhota serviria para o teste das lavagens.  Tropecei em diversas ideias até ver este gráfico para máquina de costura:

Eu não tenho uma máquina que faça bordados, por isso teria de fazer numa máquina normal e muiiiiiiiito lentamente.

 

Decidi testar algo mais simples num casaco de fato de treino. Nada mau, para uma primeira experiência. Mas uma coisa é certa: aquele lobo vai dar uma trabalheira.

Fiquei convencida que é uma forma, relativamente simples, de adicionar um elemento decorativo a uma peça de vestuário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.